Os 7 Chakras e o Despertar Espiritual

Quando comecei a praticar yoga e meditação à quase 20 anos atrás, não sabia bem o que estava a fazer. Hoje, e depois de já ter experimentado tantas coisas neste ramo do desenvolvimento pessoal e espiritual, depois de ter percorrido tantos caminhos, lido tantos livros, cheguei à conclusão que tudo serve o mesmo propósito, o despertar e evolução da consciência

Para o universo tudo é experiência, não existe bem ou mal, preto ou branco. Essa é uma construção da nossa mente, limitada pela identificação egoíca e por programações culturais. No universo tudo tem um propósito, e luz e sombra fazem parte do mesmo Um. 

Mas o que é que isto do despertar da consciência quer realmente dizer?

A nossa mente está tão condicionada pelos filmes de hollywood, que a nossa expectativa em relação à espiritualidade e ao despertar da consciência é bastante elevada e estamos sempre à espera que algo de extraordinário aconteça…

Mas essa não é a realidade. O despertar da consciência, e da espiritualidade, é o simples reconhecimento de que há algo para além dos nossos ego e selves. E a realidade é que isso acontece diariamente, através da própria vida, em cada tomada de consciência, em cada sentir atento, em cada questionamento, a cada insight…é tão simples, que de tão simples que é…é mágico!

Contudo, há um caminho a percorrer nessa escada da expansão e evolução da consciência e que é descrita em muitas tradições antigas. São como mapas da evolução da consciência, temas ou leis que temos de compreender e viver, para que realmente possamos evoluir como seres humanos. Todos temos o potencial dentro de nós para Ser Humano…mas nem todos despertamos para esse potencial…

Quero esclarecer, antes de avançar, que quando falo em evolução ou caminho, não está de todo subentendido uma estrutura hierárquica, ou de bem ou mal. Como disse à pouco isso é uma forma errada de pensar e que temos rapidamente de abandonar. 

Há sim etapas, tarefas, que temos de apreender, tomadas de consciência que temos de fazer em diferentes áreas da nossas vida, para que o processo natural se possa desenvolver, e que são arquetípicas e inerentes à nossa condição humana.

Os 7 Chakras

Um desses sistemas, bem conhecido e difundido nos dias de hoje, é o sistema hindu dos 7 Chakras (este número está presente em várias tradições no que se refere a esta escala de evolução). Chakra significa, em sânscrito, roda em movimento. 

Os chakras são então centros de energia localizados no nosso corpo energético. Cada chakra tem uma qualidade, uma energia específica, à qual se associam características e temas específicos. Na jornada da evolução da consciência há que trabalhar cada um destes temas.

Foi com base neste sistema que criei uma das minhas meditações activas, a Chakra Dance Inner Journey. Esta meditação combina elementos como a música, a dança, a visualização e o insight, e tem como objectivo a activação destes 7 centros (esta será uma das actividades do retiro Jornada da Essência, sabe mais aqui). 

Estes centros energéticos regulam o nosso campo energético e estão associados ao nosso sistema endocrino. Cada um desses centros tem uma expressão hormonal, química, que activa órgãos, tecidos e células. Cada um contém informação específica, em forma de luz, de frequência. 

Assim, quando cada um destes centros se activa, estamos também a activar tecidos, hormonas, químicos e funções celulares. A harmonia desses centros traduz-se em saúde, vitalidade, bem-estar físico, psicológico e emocional.

Quando a energia não flui consistentemente por esses canais ou centros energéticos, a nossa evolução pessoal fica comprometida. Isso acontece quando temos traumas ou temas do passado por resolver, quando acontecimentos da nossa vida ou a forma como lidamos com eles estagnam ou bloqueiam a energia, e esta fica presa ou fixada (um dos focos do trabalho da terapia integral xamânica é exactamente trabalhar esses bloqueios, sabe mais aqui.)

Quando a nossa energia não evolui, a nossa consciência também não evolui!

De seguida vou descrever cada um dos 7 Chakras principais e partilhar contigo algumas questões para que possas reflectir e tomar consciência da qualidade dessa energia no teu próprio corpo físico, mental e emocional.

1 – Chakra Raiz – O Poder da Tribo

Há quem se refira a este chakra como o primeiro ou como o último, como tudo, depende da perspectiva. Este centro trabalha o sentimento de pertença a um grupo, a uma tribo, a uma família. A sua lei é – somos Um.

No nosso corpo está associado aos nossos pés, pernas, base da coluna e órgãos reprodutores. Está associado às questões da sexualidade, procriação e reprodução, às nossas raízes e ancestralidade. 

O trabalho com os nossos ancestrais e de perdão aos pais é fundamental para o bom funcionamento deste centro energético. E a sua qualidade fala-nos de lealdade, honra e justiça

Questões para refletires:

1 – Quem é a tua tribo, a tua família? 

2 – Que assuntos familiares tens para resolver? Há algum familiar que tenhas de perdoar?

3 – Que crenças, ideias, traços de personalidade herdaste dos teus ancestrais?

 

2 – Chakra do Sacro – O Poder das Relações

Tudo na vida pode ser entendido como uma relação. Relação com os outros, relação comigo mesma, relação com o planeta, relação com o tempo, relação com o trabalho, relação com o dinheiro…etc. 

No nosso corpo, este centro localiza-se ligeiramente abaixo do umbigo e controla os ovários, útero, cólon, pâncreas e base da coluna. Associa-se ao consumo, à digestão, evacuação e conversão dos alimentos em energia. É responsável por manter ou expulsar, consumir ou eliminar. 

Este chakra fala-nos essencialmente sobre dualidade, entre um eu e um outro, um dentro e um fora, entre dar e receber. A qualidade da energia deste centro é feminina e fala-nos dessa dança tão complexa que são as relações, e de como eu me coloco perante essas mesmas relações. 

Quando em equilíbrio, sentes-te seguro e tranquila, tanto no teu ambiente como no mundo.

Questões para reflectires:

1 – Como e a partir de que lugar te colocas nas relações? Respeitas os teus limites? Respeitas os limites dos outros?

2 – Como usas a tua energia? Respeitas a tua energia? Respeitas a energia dos outros?

3 – A que tipo de poder és mais vulnerável?

 

3 – Chakra do Plexo Solar – Poder Pessoal

Este é um centro muito interessante, pois é o centro do ego, e aonde muitas pessoas estão fixadas por causa das feridas egóicas e também devido à identificação inconsciente com o ego. Essa também é a razão porque tantas pessoas estão a ter desafios no sistema digestivo…porque a energia quer subir, evoluir, e estamos estagnados. 

Este centro localiza-se no centro do teu abdómen e controla o estômago, o intestino delgado, o baço, o fígado, a vesícula, as glândulas suprarenais e os rins. Entre as hormonas a ele associadas estão o cortisol e a adrenalina.

A energia deste centro é de natureza masculina, e está associada à vontade, ao ego ao controlo, à iniciativa e à expansão, e a sua expressão saudável é fundamental para o teu processo de evolução e crescimento. 

É aqui que entra todo o trabalho de desenvolvimento pessoal e coaching que está tão em voga nos dias de hoje (trabalho que também desenvolvo na terapia individual, mais info aqui). Todo esse trabalho ao nível deste centro energético é uma fase fundamental do processo da evolução da consciência. Pois só um ego maduro e consciente poderá servir o propósito da alma e transcender-se

A energia deste centro trata essencialmente da auto-estima e do auto-respeito, do honrar-me a mim própria. É a relação que tenho comigo mesma.

Questões para reflectires:

1 – Gostas de ti própria/o?

2 – Necessitas da aprovação dos outros? 

3 – Como lidas com as críticas? 

 

4 – Chakra do Coração – O Poder das Emoções

Este é o centro das emoções, o centro do mundo interno, o mundo subjectivo. Estudos feitos pelo HMI (Heart Math Institute) mostram que emoções elevadas como o amor, a compaixão, a gratidão e o perdão criam coerência cardíaca. A verdade é que os nossos corações foram desenhados para expressar beleza, ternura, amor, compaixão, altruísmo, integridade, perdão e gratidão. Há quem lhe chame a sede da Alma

Este centro localiza-se por detrás do externo, e controla o coração, os pulmões, o timo e as hormonas a ele associadas incluem a oxitocina, a hormona do amor.

É quando começamos a vibrar na energia deste centro que nos tornamos verdadeiramente humanos. Os três primeiros centros têm todos a ver com a sobrevivência e reflectem a natureza animal da humanidade. No quarto centro, o chakra cardíaco, deixamos de ser egoístas para ser altruístas.

Quando começamos a vibrar a partir deste centro, entendemos verdadeiramente o nosso propósito, o de encontrar equilíbrio entre o céu e a terra, entre a luz e sombra, o subtil e a matéria. Aqui sentimos um genuíno amor pela vida, pois entendemos, aceitamos e honramos a sua essência, os seus próprios, e inerentes, ritmos (a terapia integral xamânica tem como principal objectivo activar e trabalhar a energia deste centro, sabe mais aqui.)

Questões para reflectires:

1 – Que feridas antigas tens para curar?

2 – Quem tens de perdoar?

3 – Como lidas com a dor e os momentos mais desafiantes, teus e dos outros?

 

5 – Chakra da Garganta – O Poder da Vontade

Este é o centro da escolha, da verdade, e segundo vários autores todas as doenças começam devido a desequilíbrios neste chakra. Este é o centro que medeia o coração e a mente, e ensina-nos que todas as nossas escolhas e acções têm sempre uma consequência. 

No nosso corpo localiza-se no centro da garganta e controla a tiróide, a paratiroide e as glândulas salivares. 

Este centro está associado à expressão do amor que sentiste no quarto chakra, bem como dizer a tua verdade e manifestar a tua realidade através da linguagem e do som. 

Questões para reflectires:

1 – Escolhes entre o medo ou a fé?

2 – Procuras controlar a vida, os outros ou as situações?

3 – És capaz de expressar livremente quem realmente és, o que pensas e o que sentes?

 

6 – Chakra da 3ª Visão – O Poder da Mente

Este centro fala-nos de discernimento, abertura à intuição e inspiração, e ver entre verdade e ilusão. A tarefa deste centro ou patamar, é ser capaz de viver em congruência e unidade entre a mente e a emoção (o coração). Ser capaz de expandir e ver o “quadro todo”, de aceitar as mudanças e as transformações como algo que faz parte do todo. 

No corpo localiza-se a meio do cérebro e ligueiramente para a parte de trás da cabeça. Controla a glândula pineal e a ele estão associada as hormonas seratonia, responsável pelo bem-estar, e a melatonina, hormona do sono. 

Quando este centro está activado o teu cérebro funciona com clareza, sentes-te lúcido e extremamente consciente, tanto do mundo interior como exterior.

Este centro serve de porta para dimensões superiores e expande a percepção, de forma a ver para lá do véu da ilusão e ver a realidade de uma nova forma, não linear. Quando este centro se abre, funciona como uma antena de rádio que te permite sintonizar com frequências mais altas. 

Questões para reflectires:

1 – És consciente dos teus pensamentos?

2 – Julgas os outros ou a ti mesmo/a?

3 – Permites que a vida se desenrrole através da tua consciência, através de ti, com desapego? 

 

7 – Chakra da Coroa – A Conexão Espiritual

Este centro fala-nos da verdade. De que somos seres espirituais a viver uma experiência humana. Fala-nos que tudo é mental e que tudo é frequência. Fala-nos do silêncio e da conexão com esse divino que somos nós mesmos. 

No teu corpo localiza-se no centro da tua cabeça e controla a glândula pituitária, classificada como glândula mestra, pois controla e cria harmonia entre as glândulas pineal, tireóide, timo, supra renais e sexuais. 

É a activação deste centro que que te permite ser canal de expressão divina

Questões para reflectires:

1 – Tens alguma prática espiritual?

2 – Quais são as tuas verdades espirituais?

3 –  O que é para ti Deus?

Nós somos seres multidimensionais, e trabalhar estes centros é algo que se traduz não só a nível energético, mas também como acabaste de ler, a nível físico, mental e emocional, porque na verdade tudo está interligado, e são a mesma coisa, apenas em planos diferentes. 

Existem várias maneiras de activar e harmonizar os chakras, desde da música e do som, da entoação de mantras, da dança, da psicoterapia, da cristaloterapia, etc. 

Se tens interesse em aprofundar este tema, sabe mais sobre o retiro Jornada da Essência, uma imersão sobre os 7 Chakras, onde através de diversas técnicas e ferramentas iremos limpar, ativar e energizar cada um destes centros energéticos, reserva o teu lugar aqui.

Grata por estares aí desse lado! 

 

Add Your Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Marca a tua primeira consulta!

Inicia a tua viagem de transformação.